5.8.11

Guia resumido - dicas e roubadas para evitar!

Depois de algum tempo, já com tudo nos trilhos de novo, e sobretudo nesse processo de edição do filme que envolve ver todo o material repetidamente, é hora de escrever sobre as lições que aprendemos. As maiores roubadas,os trancos e barrancos que passamos, e as melhores dicas que temos.

Preparação física
Leve a sério! se voce decidiu que irá subir qualquer coisa em altitude acima dos 4.000m, exercícios aeróbicos viram prioridade. A preguiça pega forte, ainda mais com uma rotina cansativa de trabalhar, fazer o que gosta e ainda ter que correr, nadar, caminhar. Uma excelente dica é: arrume uma mochila média, encha de pet's com água, e mais o que for precisar no dia, e vá a pé para o trabalho. Voce ajuda você e o resto da cidade. Outra dica, como já postado aqui, é aproveitar se voce mora em um prédio com muitos andares, e dar uma de maluco subindo e descendo freneticamente. O mp3 player é seu melhor amigo. Iniciar exercícios uns 5 meses antes da montanha pra mim foi o ideal.

Alimentação
Alimentação é importante. Pra ser saudável, tem que ter diversidade. Não adianta nada ficar só tomando esses pós de carboidrato e proteína... em alta montanha, a digestão já não funciona muito bem e, somado aos padrões de higiene destes locais, caso voce não esteja nos Alpes, desconfie de qualquer comida. Para garantir menos problemas, diversifique a sua alimentação antes, o que diversifica sua flora intestinal, que idealmente deve ser transformada em FAUNA intestinal! Vá nos butecos mais sujos de sua cidade e peça aquele ovo que se confunde com kibe (... por favor não faça isso...).
Detalhe importante: cerveja colabora com a gastrodiversidade! Rola só de umas duas semanas antes cortar ou reduzir bastante a ingestão de alcool.

Planejamento logístico:

Passagens - para Bolívia, AEROSUR. Compramos pela Decolar.com, pois a Aerosur não tem escritório em BH. Eles tem em SP. O roteiro foi BH-SP via compania local (TAM, Gol, etc), independente, e depois SP-Sta. Cruz de la Sierra - La Paz. A passagem internacional ida e volta custou R$600,00 com três meses de antecedência.


Hotel - nao há menor necessidade de reservar com antecedência. Mas, se quiser, por precaução, em La Paz indico o nosso, que foi o Sagarnaga Hotel. Fica na boca da bagunça, no meio da rua que tem todas as agencias (Calle Sagarnaga) e perto da grande loja de equipamentos, a Tatoo. Outras opções sao: Hotel Torino - esse é James Bond style, na Am. do Sul. Bem tradicionalzão, mas meio tosco. Mas vale o preço. O Torino e Sagarnaga são hotéis 'rodoviária' style para os padrões brasileiros. 2ª opção mais patrão: Hotel Copacabana - esse é mais arrumado, e caro, fica na avenida principal, perto da Calle Sagarnaga tb. E pra quem anima esbanjar, rola de aproveitar que somos quase japoneses na Bolivia, se olharmos o quanto a moeda deles é desvalorizada (1 real = 4 bolivianos em 07/2011) e ficar uma ou duas noites no Raddison, o hotel 5 estrelas BALA! custa só US$110,00... rola de pagar de patrão já que aqui no Brasil nunca ficaria num 5 estrelas nestas ocasiões.

Compras (pré viagem e em La Paz)
A maioria das coisas valem a pena ser levadas do Brasil - é arriscado contar com compras na Bolívia de coisas essenciais, pois o estoque por lá pode te desapontar. Os preços são muito atrativos, mas as vezes simplesmente não existe o produto que voce precisa. A única loja por lá que é confiável é a Tatoo. A dica pra Tatoo é pagar em dinheiro (aceitam dolares direto, com cambio justo) e pedir por desconto (eles deram 5% no dinheiro). Outra dica melhor ainda, se sua compra for muito grande, é comprar um cartao de fidelidade, que te dá 20% de desconto. Se o valor do cartao for inferior ao desconto que vc ganhará, valeu a pena! Outra dica MUITO MELHOR, é fazer amizade com o Marco (o guia que indicaremos adiante), e pedir pra ele fazer a compra, pois ele tem 20% de desconto!!!


O resto das lojas, ou é muito pequena e nao tem quase nada, ou vende de tudo falsificado. Eles colocam placas das marcas de montanha, como The North Face ou Mountain Hardwear, e vendem roupas e calçados que enganam bem o mais observador. Uma curiosidade, foi uma vendedora de uma dessas lojas, vendendo um produto qualquer enquanto pregava etiquetas "windstopper" em todas as jaquetas!
Sendo assim, se é sua primeira montanha, e voce nao tem muito equipamento e nem intenções certas de continuar nessa vida, não gaste muito. Compre coisas que voce nao pode pedir emprestado, e que terá uso depois.

Se voce não comprou ou nao arrumou emprestado coisas específicas, abaixo encontra-se uma lista de equipos que eles alugam por lá, a preços justos em dolar:

  • Anorak = 8 $US
  • Mochila = 12 $US
  • Saco de dormir = 15 $US
  • Luvas de montaña = 8 $US
  • Jaqueta polar = 10 $US
  • Jaqueta de pluma = 10 $US
  • Roupa interior térmica = 8 $US
  • Headlamp = 7 $US
  • Óculos escuro de montanha = 9 $US
  • Botas de montanha = 5 $US
  • Crampones = 5 $US
  • Cadeirinha = 4 $US
  • Piolet=4 $US
  • Mosquetões de segurança (grandes) = 5 $US
  • Fita tubular para solteira = 4 $US
  • Mosquetoes pequenos simples = 2 $US
  • Cordeletes = 3 $US
  • Daisychain = 2 $US
  • Polainas = 3 $US
  • Calças de montanha = 3 $US
  • Capacete = 3 $US
Equipamento Cada montanha e o estilo da sua subida definem os equipamentos necessários. Se voce vai pela primeira vez, e quer ir no esquemão, contratando uma agencia, há um monte de coisas que você não precisa nem lembrar. Se voce vai na tora, liderando tudo, só com o guia, há uma infinidade de coisas que você precisa conversar com o guia e combinar quem leva o quê. Comida é assunto para outro tópico.

Procure por roupas de qualidade - coisas vagabundas não aguentam! então, indicamos a TOP: vá de The North Face. Eles já tem lojas em São Paulo e Rio de Janeiro. Aqui em Belo Horizonte, a loja da Rokaz já começou a vender alguns produtos.

video

Dica: leve baralho para os dias de neve na barraca...

Meu checklist:

Vestuário
1 Bota timbeland comum
1 calça jeans p/ viagem
1 Chinelo havaiana
4 Meias de caminhada
1 Balaclava
2 Calça fleece 2a pele
1 Calça anorak
2 Calça / bermuda tec-tel
1 Anorak
1 Pluma Hard Mountain Gear
5 Cuecas
5 camiseta normal algodao
3 camiseta dry-fit manga curta
1 Camisetas dry-fit manga longa
1 Toca

Acessórios gerais
1 Relógio com despertador

Silvertape
2 Oculos escuro (um reserva)
1 Canivete suíço
1 Canivete Faqueiro
1 Par de luvas
2 Headlamp (uma reserva + pilhas)
1 Garrafa termica

1 Necessaire Remédios: Band-Aids, Relaxante muscular, Paralon (Coluna), diclofenaco em gel (dores topico), Hipoglós, Dorflex, Floratil (para caganeira), Anti-histamínico, Aspirina, Esparadrapo, isqueiro, agulha+linha

1 Necessaire Higiene: escova de dente, pasta de dente, fio dental, varal, cortador de unha, sabonete, desodorante, shampoo, babywippes
1 Protetor solar de corpo
1 Protetor solar labial
1 Ipod + carregador

Acessórios climb e frio
1 Sleepbag
1 Isolante térmico
1 Mochila cargueira
1 Mochila ataque
1 Capa pra mochila
1 cobertor de emergencia
1 Bota plástica
1 Piolet
1 Polaina
1 Crampon

Cordelete
1 Cadeirinha
2 Mosquetoes ovais
1 Roldana peq. Para mosquetao
1 fita solteira
1 ATC + Mosqt.
2 Mosquetoes HMS
1 Capacete
Documentos e $$$
1 Cartão de credito + 1 débito
700 USD$
50 R$
1 Passaporte
1 Identidade nacional
1 Papeis com informações diversas
1 Passagens

Fotografia e filmagem (considerando só o básico meu... nao vou listar aqui o equipamento do Bruno, que é MUITA coisa)
1 D7000
2 Baterias
3 Cartao de memória
1 Lente 10-20
1 Lente 18-105
1 Bolsa-pochete

Agora, neste link é possível fazer o download de uma lista de equipamentos sugeridos pro Everest! no caso da Bolívia, é muito menos coisa, mas esta lista pode servir como um bom guia:
http://www.alpineascents.com/pdf/everest-gear.pdf

E neste link um guia mostrando o que é o que, com figuras e indicações de uso:
http://www.alpineascents.com/pdf/gear-lexicon.pdf

Contratação do guia ou agência
Como o Pequeño Alpamayo foi a nossa primeira montanha, contratamos os serviços completos de uma agência, daqui do Brasil. Tentamos fazer a negociação direto com o guia, mas por problemas de comunicação, ficou inviável e partimos para a agência - é um pouco mais caro, mas daí não tem erro. Colocamos a única condição de que nossa expedição deveria ser guiada pelo Marco Antônio Capriles Beltran (guia credenciado - veja em http://www.agmtb.org/GuiasAspirantes.htm). A agência foi a Azimut Explorer, do Juan. O Juan já está acostumado a receber grupos de brasileiros, devido a parceria que tem com o Leandro Reis, daqui de BH. Seu email direto é juan@azimutexplorer.com
Através da Azimut contratamos tudo:
- transporte La Paz - Base da montanha - volta a La Paz
- Porteador das mochilas de onde o carro estaciona até o acampamento
- Barracas montadas (para dormir e barraca refeitorio)
- cozinha e cozinheiro
- comida TODA (nao inclui lanches tipo saches de carboidrato ou seu chocolate preferido)
- guia, com cordas, estacas, etc...
Na segunda montanha, o Huayna Potosí, resolvemos fazer um esquema um pouco mais independente. Mas quebramos a cara... o motivo é o seguinte: cozinheiro vale mais a pena que o guia!!!!! brincadeira... o guia é crucial, questao de segurança. Mas a falta do cozinheiro pode inviabilizar uma escalada. A energia que se dispende tendo que acordar uma hora mais cedo pra cozinhar, depois comer, e depois lavar é enorme! Tirando que os cozinheiros fazem rangos que nao se comparam aos nossos cup noodles e miojos. No final das contas, ficou mais barato, mas nao valeu a pena... um cozinheiro é muito barato na Bolívia. Para carregar as coisas pra cima, porteadores cobram uns 80 bolivianos (R$20).. juntamos tudo de mais pesado de cada um numa mochila só, e rachamos um porteio só.

DICA Mór: Negue, de qualquer maneira, o guia local que fica no primeiro abrigo do Huayna Potosí, chamado Fredy. Se possível, mande ele praquele lugar por mim. Foi esse fdp que nos negou comida para dar para o cachorro... pra piorar, ele ficou com cara e atitude de cuzão o tempo todo... a pior experiência da viagem inteira foi conhecer esse infeliz.

2.8.11

Teaser: filme My First Mountain

Estamos passando horas assistindo e separando todo material da viagem. Conseguimos até ajuda externa no processo, que é monstruoso. Mas para dar água na boca e uma idéia do que está por vir, ai vai um teaser do filme My First Mountain. Divirtam-se, assistam e compartilhem!



Quem quiser pode ver em HD, que é outra experiência visual!

E para quem não assistiu o nosso último video, assista aqui!